fbpx

Cirurgia Robótica

Ilustração que mostra a estrutura de funcionamento de uma cirurgia robótica
A estrutura de funcionamento de uma cirurgia robótica

O que é?

Os recentes avanços na tecnologia da cirurgia robótica, um dos tipos da cirurgia minimamente invasiva, dão aos pacientes uma série de boas alternativas que não existiam há dez anos, oferecendo procedimentos minimamente invasivos, com significativas vantagens sobre as cirurgias convencionais.

A Cirurgia Robótica Minimamente Invasiva disponível para o tratamento de diversas patologias, pode beneficiar pacientes na diminuição da dor e do desconforto no pós-operatório, na diminuição de perdas sanguíneas durante o procedimento, no menor tempo de permanência no hospital e ainda oferece a oportunidade de retorno mais rápido às suas atividades diárias.

É geralmente indicada para substituir procedimentos que eram feitos apenas por videolaparoscopia. Foi desenvolvida a fim de superar as limitações de sua predecessora: articulação incipiente da instrumentação cirúrgica, visualização 2D e a limitação humana de posicionamento dos cirurgiões.

O objetivo é proporcionar melhores resultados e uma experiência mais segura e menos invasiva. Incisões menores, maior precisão, menos perda de sangue e recuperação melhor e mais rápida.

Vantagens da cirurgia robótica em comparação com a videolaparoscopia convencional:

  • Melhoria Mecânica: 7 graus de liberdade e ação, semelhantes ao braço humano, enquanto a laparoscopia permite apenas 4 graus.
  • Instrumentais estabilizados: tremores, espasmos e pequenos movimentos do cirurgião são minimizados, o oposto do que acontece na videolaparoscopia, em que alguns desses movimentos podem ser amplificados.
  • Mais conforto para o cirurgião. Trabalha sentado em um console de onde controla toda a cirurgia. Diminuição do cansaço e melhor resultado na cirurgia. 8 a 12% dos cirurgiões relatam dormência ou dor nos braços, mãos, pulsos, ombros e braços após cirurgias laparoscópicas convencionais.

Algumas desvantagens:

  • Maiores custos 
  • Treinamento adicional de cirurgiões
  • Limitação Instrumental: não existem todos os instrumentos laparoscópicos disponíveis para cirurgia robótica. Fator que impede a realização por cirurgia robótica de alguns procedimentos laparoscópicos.